Procurando algo?

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Filho de peixe... peixinho é!

A paixão pela música já vem no DNA, ou os pais que influenciam os filhos???

O ex-beatle John Lennon teve dois filhos, e ambos viraram músicos. Julian (à esquerda) fez muito sucesso nos anos 80 com Too Late For Goodbyes, enquanto Sean tem gravado discos e feito show pelo mundo, inclusive no Brasil

Paul McCartney tem vários filhos, mas só James mostrou aptidão para a música. O garoto está iniciando a carreira, e quem ouviu seu trabalho elogiou. Ele tocou em recente álbum do papai famoso.

Não poderia faltar uma referência brasileira! Reta Lee e seu filho Beto Lee tocam juntos na mesma banda. Desde criança o rapaz toca guitarra, além de músico é apresentador do programa Geléia do Rock no Multishow.

Olhem como as influências começam cedo... para os pais loucos por rock, já podem ensinar os seus pequenos assim que nascem. Esses bodies fofíssimos, são da marca Baby Chubby, para conferir toda a coleção: http://www.babychubby.com.br/

E tem mais... festa infantil com o cover do Kiss (clique aqui) . Se essa moda pega,  garanto que vai ter muito marmanjo indo em festinha de criança!!!

Agora fica a pergunta: O rock está no DNA ou os são os pais que influenciam os filhos?

Carolina Luz
Os Impublicáveis

6 comentários:

Os Impublicáveis disse...

Eu acredito que o rock esteja no DNA. Conheço muita gente cujos pais não gostam (muitos nem toleram) do tal rock'n'roll. Nem por isso os filhos deixaram virar rockeiros.

Mas é claro que se você unir uma coisa à outra, o resultado é certo: filho de peixe, peixinho será !

Eu tenho a sorte de ter um pai rockeiro e beatlemaníaco. Devo a ele as alegrias e as emoções que o rock me proporciona hoje.

Alfredo
Os Impublicáveis

Leticia.Rms disse...

ahhh :D eu sei que tive uma influência diga-se de passagem, MUITO BOA :D pai, mãe, tio!!! Depois eles abandonaram a vida do rock =/
MAS EU NÃOOOOOO :) HAHAHA

Gian Felippe disse...

Há casos que sim e casos que não, eu sou caso que não bate com o assunto, comecei a ouvir rock por conta propria, sem influencia dos pais ou irmãos, e também podemos citar casos de profissões, nem sempre um filho de medico faz medicina ou um filho de engenheiro faça engenharia...
Mas é claro, se os pais souberem influenciar da maneira certa, concerteza filho de peixe, peixinho será!

ahhh
toquem Jumpin'Jack Flash... hahaha
bebado mode off


@gianfelippe

Eduardo R. Schmitz disse...

Pra mim não foi nem um, e nem o outro. Ou sei lá!

Mas se dependesse do meu pai eu tocaria num grupo gauchesco. E da minha mãe em uma pandinha alemã. Huahuahuahuahauhua

Mas o que vale são as boas companhias. ( e algumas más também)

Madame Capoula disse...

Oi Gian!

Da próxima vez tocaremos Jumping Jack Flash, pode deixar!!! Heheheh.. Abraço

Carol

Ferps disse...

Eu tive muita influência em casa!
Primeira coisa que lembro que ouvi, lá pelos 4 anos de idade, foi Raul Seixas no som do carro do meu pai! The Beatles era sagrado... meu pai e meu tio adoram!
Rock anos 60 lá em casa era sagrado tb!
Tio baterista, o outro tio tem uma banda, meu primo metaleiro...
Eu tenho rock no sangue mesmo!
Acho que nosso gosto sofre influência sim! De pessoas que admiramos, principalmente... mas depois a gente acha nosso próprio caminho! Acho que a base sim, vem de casa!
Eu puxo para um lado metaleiro, hard rock... AMO muito os clássico... AC/DC, Black Sabbath, Led Zeppelin...KISS...e aí vai!
E todos sabem que minha banda do coração é o Aerosmith, né? hauhauhau

Long life to Rock and Roll! \m/